quarta-feira, 13 de março de 2013

Amiga da minha mulher.

Conheci as duas juntas, e elas são amigas de infância. Na hora que as conheci fiquei dividido e pensei que era só amizade, mas acabei ficando com Srta.Y, namoramos e casamos, mas a amizade com Srta.Z continuou num alto astral, e quando nos encontrávamos sempre escorria um leve sorriso de ambas as partes. Sempre foi assim, esse leve sorriso, o que dava margem para uma grande fantasia da minha parte e algumas fantasias acompanhadas de uma salutar ereção. Mas sempre uma força estranha repressiva se insurgia e me colocava no devido lugar. Duas coisas sempre me ocorriam nesta situação. Qual era o devido lugar correto? e a cabeça masculina pensa diferente da cabeça feminina? Traduzindo seria dizer que não existe um lugar correto e se eu viajava nas minhas fantasias este seria o lugar certo naquele momento e mais ainda o leve sorriso era um sinal verde para mim e para ela poderia ser somente um leve sorriso.

O casamento seguia, era um bom casamento, mas sempre que a Srta.Z aparecia despertava emoções mais fortes, e como elas eram amigas da vida inteira, ela sempre aparecia,algumas vezes com um namorado ou amigo, mas isto em nada alterava os sorrisos e seus desdobramentos.

Até que uma tarde eu estava em casa e por um mal entendido entre elas, acabei ficando com Srta. Z a sós. Ela chegou e soube que minha mulher não estava, ligou pro celular dela e combinou de espera-la, mas minha mulher avisou que demoraria. Minha cabeça foi a mil e me senti no filme do Woody Allen Para Roma com amor. Finalmente conclui que a fantasia não era só minha era nossa  ela se abriu comigo  que desde o dia que me conheceu sentiu forte atração, mas como a minha escolha recaiu sobre a Srta.Y ela tirou o time dela de campo e também num processo repressivo escondia qualquer manifestação explicita, mas não conseguia esconder o leve sorriso. Preciso ler mais sobre Freud, preciso ler mais sobre repressão, como seria se todos transassem com todos como se não houvesse repressão de desejos? como seria a sociedade? Isto é civilização?

13 comentários:

  1. Ex sonhadora - Na minha opinião essa foi sua melhor crônica. Embora termine com uma pergunta, é conclusivo, para qualquer pessoa madura. Tenho certeza que você sabe a resposta.

    ResponderExcluir
  2. É uma pena quando as pessoas não conseguem "virar as páginas" da vida e ficam dependentes de certas emoções para poder viver com alguma felicidade.....e adrenalina...

    Estar casado com uma e ficar de olho na outra por uma vida....à mim não faz sentido. Será que vc fez a escolha certa meu amigo? Caso tivesse, creio que teria superado aquela primeira atração pois nada mais significaria.

    Mas tudo bem, cada um é cada um.......

    ResponderExcluir
  3. tem q enfiar a BREUBA

    ResponderExcluir
  4. O que é BREUBA, mediador?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Encontrei no dicionário informal o significado, segue o link:

      http://www.dicionarioinformal.com.br/breuba/

      Excluir
  5. Srta. Y, querida, vem cá, vamos conversar. Primeiro: pé na bunda desse garoto, mas antes, chifrinhos, muuuitos chifrinhos, pra que ele saiba que rapadura é doce, mas não é molinha não. Depois, porta da rua e um excelente advogado. Tire até as calças dele, e mande ele de presente pra vagabunda da Srta. Z, pra que ela possa exercitar à vontade a fantasia de lavar a pecinhas íntimas dele, as meias, cozinhar para o batráquio, e transar uma vezinha aqui.....outra ali.....só no aniversário e olhe lá. Permita que eles vivam esse amor, enquanto você curte a cicatrização da sua lipo, da prótese novinha em folha, num Spa nas Maldivas, bebendo uma Bollinger estupefatamente gelada. Entendeu, querida?

    ResponderExcluir
  6. Ex-sonhadora - Se breuba é isso não tem como enfiar.. que ridículo!!!

    ResponderExcluir
  7. BREUBA!??? Mais criatividade pleaseeee

    ResponderExcluir
  8. Já pensou se fosse com "o" "seu" amigo, e ela levando a breuba e vc confiando no love de vcs?

    ResponderExcluir
  9. Na minha opinião, não existe escolha ou escolher alguém entre duas pessoas,e,só. Existe um sentimento maior...uma atração incontrolável...um bem querer...a certeza de que você quer àquela pessoa vem naturalmente. Não há dúvida, é o coração no controle. Quando se é jovem e comprometido com alguém, muitas vezes, nos acomodamos na relação achando que descobrimos o caminho da felicidade e confundimos os sentimentos. Temos um caminho pela frente que inclui família, amigos, enfim, um caminho à percorrer. Nada mais justo! Mas aprendi que tudo na vida tem um preço, e neste caso, seria a coragem de virar o jogo e de assumir a sua vontade e as consequências da sua atitude. O que na maioria das vezes não acontece. As mulheres são mais corajosas...rs. Parabéns pela crônica!

    ResponderExcluir
  10. M.Alfa - A repressão prevaleceu, nesse caso, por falta de oportunidade ou de investimento de ambas as partes, sinal de que a atração não era fatal. O casamento durou tanto tempo por conveniência, acomodação, é isso que vemos acontecer o tempo todo. Na verdade, pouquíssimos pares estão casados porque foram feitos um pro outro. Viver só não é fácil, com outra pessoa mais difícil ainda dependendo dos temperamentos. Viver uma união feliz, ser feliz, exige muito equilíbrio, além do amor que é fundamental.

    ResponderExcluir
  11. Feliz ou não no casamento, essa situação com a amiga da esposa é de um mau caratismo absoluto. Errado da parte dos dois. da amiga e dele, muito feio.

    ResponderExcluir
  12. Ex sonhadora - Controlar as emoções é mais que necessário, é só entender que somos indivíduos pertencentes ao TODO, é só se colocar no lugar do outro um pouquinho que seja. O que eu não quero pra mim não faço com ninguém, e ponto.

    ResponderExcluir

Utilize sua conta Google(Gmail, G+, YouTube, Chrome ou outra da Google) para postar seu comentário.