quinta-feira, 14 de março de 2013

Homem para degustação.

Que tema. Mas tenho recebido alguns emails e inboxs pedindo pra falar sobre este tema. Achei que o título 'Homem para degustação' é o ideal.

"Na verdade eu gosto dele, mas não assumo, tenho dificuldades, mas ele é ótimo, adorável, na cama então nem se fala. Digo com todas as letras que eu amo ele, mas não consigo assumir integralmente. Ele me consola, me ajuda e tenho certeza que ele me ama. Talvez não me complete totalmente, mas este homem idealizado sei que não vou encontrar. O fato é que não consigo viver sem ele mais.Tentei de tudo no inicio pra me afastar, mas não consegui. Sou uma mulher atuante multi facetada e moderna, tenho dezenas de situações e oportunidades diariamente e sei que minha familia que prezo muito não vai aceitar. Mas acaba que ele, como se fosse um relógio, aparece de hora em hora na minha mente e no meu coração. E vou levando assim, já tentei descobrir porque tenho estas dificuldades em assumir este amor."

Indo direto ao assunto percebo que esta situação podia facilmente se chamar 'Mulher para degustação' . Pois hoje a igualdade impera, as mulheres encostaram. Não existem mais fronteiras, homens e mulheres se equivalem, e o que serve pra um serve pro outro também.

"Outro dia tentei pensar como se estivesse na pele dele, pensar ao inverso, e não sei se aguentaria esta situação, mas ele aguenta e até quando aguentará? Vou acabar perdendo ele."

E não deu outra, na semana seguinte o homem para degustação conheceu outra mulher que o assumiu e ele experimentou situações que há muito tempo tinha esquecido. Que reviravolta, quem perdeu. Isto não é importante. Perde-se e ganha-se diariamente.

24 comentários:

  1. Nossa, será que chegamos a essa superficialidade de sentimentos e comportamentos mesmo? Quem perdeu não importa? Ganhamos e perdemos todos os dias...e pronto, só isso, lavou tá novo? É assim mesmo, é isso que você pensa? Que absurdo.

    ResponderExcluir
  2. Eu poderia dar uma sugestão para um novo título? SOU BUNDÃO, ou no caso BUNDONA.

    ResponderExcluir
  3. Quem não valoriza tem mais é que perder mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Ex sonhadora - Alguém pode aceitar a se relacionar afetivamente com outro que não assume por um bom tempo, mas infinitamente seria degradante demais. Quem aceita viver na sombra do outro, ficando sempre à disposição de quando o outro pode ou está a fim, deve ser desprovido de amor por si mesmo. E quem não ama a si não está apto a amar outra pessoa. Se amasse de verdade assumiria, teria orgulho de apresentar aos amigos, e teria tempo e vontade de estar sempre por perto. O resto é só tesão e outros interesses. E a fila anda mesmo, e como anda!.!

    ResponderExcluir
  5. Que peninha! Este homem não conseguiu conquistar de verdade esta mulher!! Ele precisaria aprender a "conquistar uma mulher". Né??

    ResponderExcluir
  6. Ex sonhadora, seu comentário é perfeito. E a fila anda mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Quando existe sentimento das duas partes, o resto perde a importância. Se a mulher for independente e segura...importância nenhuma. Concordo que este homem precisaria aprender a "conquistar uma mulher".

    ResponderExcluir
  8. É assim tão fácil mesmo?

    ResponderExcluir
  9. Se não houver sentimento das duas partes é aí que a fila tem que andar mais ainda.

    ResponderExcluir
  10. Diana_Ker:de fato esse homem não soube conquistar essa mulher...não deu segurança em nenhuma das areas que ela precisava ou que qualquer mulher precisa,não a fez sentir-se segura para apresentar ao mundo e dizer:esse é meu homem/namorado ou o que for...tem homem assim..fica no CTI...dificil de assumir.

    ResponderExcluir
  11. Ex sonhadora - Mas se o cara é difícil de assumir, se só fica no CTI, por que essa mulher não larga o osso? Por que não desprende dele? Será que ela também não está doente das idéias? Não assume o homem e ainda diz que ama? Se for mulher velha então, nem tem mais o que dizer, será falta de carne de primeira? rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeitas suas considerações Ex sonhadora.

      Excluir
  12. Assumir um relacionamento,especialmente em dias de total superficialidade, é um desafio e uma demonstração de maturidade crescimento espiritual. Infelizmente a maioria das pessoas está se preocupando com coisas um pouco menos importantes como Big Brother Brasil ou novela das nove.

    ResponderExcluir
  13. Ex sonhadora - Também não se pode resumir a questão dessa forma. Têm muitas mulheres querendo um parceiro pra viver junto. Vai ver que ele está preso a uma miragem. A meu ver essa crônica mostra uma mulher aventureira, pelo menos em relação a esse homem. Quem de fato ama, arrisca tudo, não fica inventando desculpas. ACORDA ALICE!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje estou concordando em tudo com voce Ex sonhadora.

      Excluir
  14. TEM HOMEM QUE SERVE SÓ PRA GENTE DEGUSTAR MESMO!!!!!
    Não dá para apresentá-lo socialmente e nem assumí-lo, principalmente quando ele "não tem grana" e a gente "tem".....o desnível é cruel com o AMOR!!

    ResponderExcluir
  15. Ex sonhadora - No amor não existe diferença de níveis, amor é sentimento, AMA-SE ou NÃO! Quem tem vergonha do parceiro não o ama, usa apenas como companhia e objeto sexual. Não dá pra dizer que isso é amor, e se achar por cima. Ela devia admitir isso pra que ele se liberte.

    ResponderExcluir
  16. Ninguem é enganado..entra na canoa pq quer..

    ResponderExcluir
  17. Ex sonhadora - Nisso eu concordo, entra porque quer...

    ResponderExcluir
  18. Ex sonhadora, perfeitas suas considerações e comentários, obrigado.

    ResponderExcluir
  19. Existem homens que são usados. Existem mulheres que são usadas. Entende-se aqui: "apenas degustados". Cada qual sabe como quer estar dentro de qualquer situação. Se é degustado, é porque topou a parada e ponto. Que amor, o quê??? Vocês parecem um bando de gente LOC!!! Amor é algo muito mais transcendente do que pegação....se liguem!!

    ResponderExcluir
  20. Antigo ditado chinês: Comeu, acabou. Simples assim.

    ResponderExcluir
  21. Ex sonhadora - Bom proveito, Sergio Haziot.. Como você gostou vou deixar a última consideração: fosse eu o degustado da crônica, trataria de me desligar imediatamente desse “amor” , que parece mais um encosto. Relações assim terminam sempre muito mal, o lado fraco, no caso o apaixonado, mesmo sem ter sido enganado, ao fim perde toda autoestima e acaba mal visto por outras mulheres . Se tiver sorte, pode ser que o cara encontre alguém que o ajude a levantar sua moral e a juntar os cacos . Caso seja um ingênuo, será um homem morto, difícil de ressuscitar! Pra ter um final feliz é preciso que haja, além do amor, honestidade.

    ResponderExcluir

Utilize sua conta Google(Gmail, G+, YouTube, Chrome ou outra da Google) para postar seu comentário.